sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Itambé: Caozinho faz plantão na porta de hospital por idosa doente


Um caso inusitado e, ao mesmo tempo emocionante, está acontecendo no Hospital de Itambé.
Um cãozinho da raça Pinscher está desde as primeiras horas desta quinta-feira (10), na porta do Hospital São Sebastião, em Itambé, por conta de sua dona, a idosa Laura Botelho, de 83 anos, que está internada por conta de uma virose. Familiares de Dona Laura já levaram o cãozinho para casa, mas, ele pulou a janela e voltou para o plantão.
O cachorrinho pertencia ao filho da idosa. No primeiro carinho que ganhou da Dona Laura, o cachorrinho se mudou em definitivo para a casa da idosa, que mora sozinha na Rua Gercino Coelho, se tornando o seu companheiro fiel.
A fidelidade do cãozinho comoveu até os funcionários do hospital. O pequeno cão fica na porta do lado de fora e, sempre acha um jeitinho de entrar e ficar chorando ao lado da porta onde se encontra a sua dona.

A noite, o cãozinho foi recolhido pela filha da dona Laura, mas, com certeza nas primeiras horas do dia seguinte, ele estará no mesmo lugar esperado a saída da Dona Laura, que, provavelmente deverá ficar por mais uns dias no hospital se recuperando. (itambeagora)

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Crise: igreja venezuelana passa por momentos delicados

Imagem: DivulgaçãoNo mês de abril, a organização Portas Abertas publicou informações sobre a difícil situação dos cristãos venezuelanos logo após o Supremo Tribunal destituir a Assembleia Nacional de seus poderes. O risco que o país enfrenta é de uma possível ditadura, o que pode dificultar ainda mais o desenvolvimento da igreja nessa nação. Há poucos dias, os líderes cristãos informaram que depois das últimas reuniões políticas, os cristãos que não apoiaram o governo ficaram ainda mais vulneráveis.
Eles explicam que além da perseguição, estão enfrentando roubos, prisões e até perda de suas propriedades. Segundo um dos líderes, não apoiar o regime do presidente Nicolas Maduro é motivo de repressão e violência. As últimas notícias ilustraram um cenário religioso ameaçado, já que o governo passou a sufocar o cristianismo e a se abrir para o islã.
A liberdade religiosa na Venezuela, como também em alguns outros países da América Latina, está passando por um momento complexo. Não há segurança para aqueles que se declaram cristãos, além de se sentirem excluídos das comunidades, principalmente para os que vivem dentro de comunidades indígenas, as quais lutam para preservar seus valores e cultura.
Ore pelos cristãos perseguidos na América Latina.

Fonte: Portas Abertas

INSS: aposentadoria por idade será reconhecida automaticamente

A medida estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria
A medida estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria
O INSS determinou, por meio de portaria, o reconhecimento automático da aposentadoria por idade a partir da verificação das informações constantes nos sistemas da autarquia e nas bases de dados do governo federal. A medida, em vigor desde o fim de julho, estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria. As informações são da ‘Agência Brasil’.
O INSS vai fazer uma pesquisa mensal para identificar os segurados que já têm o direito disponível e enviará comunicado sobre a concessão do benefício. O segurado também poderá requerer a concessão do benefício por meio do canal 135. Para a realização do pedido será solicitada a confirmação dos dados pessoais, como ocorre no sistema tradicional.
De acordo com a portaria, o INSS enviará comunicado indicando as informações sobre os dados da concessão e pagamento do benefício ao cidadão assim que houver o reconhecimento do direito.
Aposentado por idade
Atualmente, a aposentadoria por idade é um benefício ao trabalhador que comprovar o mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos, se homem, ou 60 anos, se mulher. Para o chamado “segurado especial”, a idade mínima é reduzida em cinco anos.
No grupo de segurados especiais estão profissões como agricultor familiar, pescador artesanal, além de indígenas. Para receber o benefício nessa condição, o trabalhador deve estar exercendo a atividade no momento da solicitação do benefício. Caso não comprove o tempo mínimo de trabalho necessário ao segurado especial, o trabalhador poderá pedir o benefício com a mesma idade do trabalhador urbano, somando o tempo de trabalho como segurado especial ao tempo de trabalho urbano.
Informações como cálculo do benefício e documentos necessários para solicitação do benefício podem ser acessados na página do INSS.

Fonte: Notícias ao Minuto

Fora da agenda, Temer recebe Raquel Dodge, sucessora de Janot

O Presidente e a futura PGR se encontraram no Palácio do Jaburu
Adicionar legenda
O encontro não previsto na agenda oficial foi no Palácio do Jaburu, por volta das 22h






















O presidente Michel Temer recebeu na noite desta terça-feira (8), no Palácio do Jaburu, a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. a informação é do blog da Andreia Sadi no ‘G1′.
O cinegrafista da TV Globo Wilson de Souza registrou o momento em que Raquel chegou à residência oficial do presidente, por volta das 22 horas. O encontro não estava previsto na agenda oficial.
O ‘G1′ procurou a assessoria de Temer para saber o motivo da reunião e aguardava resposta até a última atualização deste texto.
Raquel Dodge foi indicada em 28 de junho por Temer para comandar o Ministério Público Federal. Ela foi submetida a sabatina no Senado e teve a indicação aprovada em 12 de julho.
Ela substituirá no cargo Rodrigo Janot, cujo mandato à frente da PGR se encerra no próximo dia 17 de setembro.
Janot ofereceu denúncia contra Temer pelo crime de corrupção passiva. A denúncia foi rejeitada pela Câmara dos Deputados na semana passada.
Mais cedo, nesta quarta, a defesa de Temer pediu ao Supremo Tribunal Federal a suspeição de Janot em casos relacionados ao presidente.

Fonte: G1

domingo, 6 de agosto de 2017

FILME EVANGÉLICO MARAVILHOSO

                                                         FONTE YOUTUBE

Jornal vaza conversas telefônicas do presidente Donald Trump

Duas conversas telefônicas do presidente dos Estados Unidos Donald Trump realizadas no final de janeiro, uma com o presidente do México e a outra com o primeiro-ministro da Austrália, foram divulgadas na íntegra nesta quinta-feira (3) pelo ‘Washington Post’. O jornal obteve as transcrições, feitas pela Casa Branca, mas que não eram públicas, de uma fonte que pediu para não ser identificada.
No diálogo com o presidente do mexicano, Enrique Peña Nieto, Trump falou sobre o financiamento do muro na fronteira dos dois países, uma de suas principais promessas de campanha, e da potencial tarifação de mercadorias mexicanas. Logo no começo da ligação, Trump diz que considera Peña um amigo, mas conta que não queria fazer uma reunião com o México e que aceitou graças às relações de Jared Kushner, seu genro e conselheiro, com Luis Videgaray, o Ministro das Relações Exteriores de Peña.
O presidente americano disse que interessa aos Estados Unidos que o México tenha uma economia forte e saudável e indicou saber que o dinheiro para o muro teria de vir de outras fontes, mas pediu que Peña parasse de desafiar publicamente a construção fronteiriça. “Você não pode falar isso na imprensa”, disse. “Se você vai dizer que o México não vai pagar pelo muro, então eu não quero mais me reunir com vocês, porque não posso viver com isso”, completou.
A conversa com o primeiro-ministro australiano Malcom Turnbull aconteceu um dia depois do telefonema à Pena, em 28 de janeiro. Os dois líderes discutiram sobre o acordo sobre os refugiados, estabelecido pelo ex-presidente Barack Obama, que determina que os Estados Unidos recebam os refugiados detidos ao tentar entrar ilegalmente na Austrália. “Só tenho que dizer que, infelizmente, vou ter que viver com o que foi dito por Obama. Eu odeio isso”, disse Trump.
O presidente americano não escondeu sua irritação com o Turnbull. “Eu odiei isso. Eu tenho feito essas chamadas o dia todo, e para ser honesto, essa é a ligação mais desagradável até agora”, disse Trump que, mais cedo havia conversado com os líderes do Japão, Shinzo Abe, da Rússia, Vladimir Putin, da França, então comandada por François Hollande, e da Alemanha, Angela Merkel. “Putin foi um telefonema agradável. Isto é ridículo”, completou.

Fonte: Veja

Cresce a evangelização on-line no Oriente Médio; saiba mais

“A geração atual de cristãos no Oriente Médio passa mais tempo nas mídias sociais do que nas igrejas. (...) Isso significa que nós, como líderes cristãos, devemos repensar nossa forma de nos conectar com a juventude”, declara líder cristã
“A geração atual de cristãos no Oriente Médio passa mais tempo nas mídias sociais do que nas igrejas. (…) Isso significa que nós, como líderes cristãos, devemos repensar nossa forma de nos conectar com a juventude”
Uma das formas de evangelização que tem crescido em todo o Oriente Médio são ações on-line. Com isso, cristãos vem desenvolvendo ministérios e diversos trabalhos do tipo. Recentemente, Laila* compartilhou sobre sua forma de evangelizar e servir a Deus no contexto do mundo árabe.
Ela tem 28 anos e atua no centro de uma agitada cidade. “Os cristãos ativos no Facebook ou Instagram não devem se comportar apenas como ‘seguidores de Cristo’, mas também como pioneiros na evangelização on-line e devem servir de exemplo aos demais jovens”, comentou.
“A geração atual de cristãos no Oriente Médio passa mais tempo nas mídias sociais do que nas igrejas. Acredito que seu tempo on-line só aumentará nos próximos anos. Isso significa que nós, como líderes cristãos, devemos repensar nossa forma de nos conectar com a juventude”, acrescenta Laila que encoraja a família de Cristo a contar suas histórias e testemunhos via internet.
Segundo ela, os cristãos no Oriente Médio muitas vezes se sentem vulneráveis ​​e sozinhos. “Como minoria, temos de defender nossa identidade e provar à maioria que não somos ‘ocidentais’ só porque decidimos seguir Jesus. Há dois mil anos a comunidade cristã já existia nessa terra. Somos orientais e somos cristãos”, enfatizou.
Um dos projetos em que Laila participou teve uma produção musical, com a mistura de canções natalinas e patrióticas. A música viralizou e foi acessada milhões de vezes no Youtube em todo o Oriente Médio, por cristãos e não cristãos.
“Quando vi o resultado positivo realmente me senti parte do trabalho de ministração e foi a maior motivação de continuar trabalhando, a fim de mostrar aos demais irmãos que eles não estão sozinhos e que eles também têm um papel a desempenhar na sociedade. Espero que meu empenho ajude muitos a se sentirem valorizados e encorajados a seguir em frente, pregando o evangelho por aqui”, conclui.
*Nome alterado por motivos de segurança.

Fonte: Portas Abertas

Ciência confirma destruição babilônica de Jerusalém; confira

Os arqueólogos que escavam o sítio arqueológico da Cidade de Davi, localizado no Parque Nacional dos Muros de Jerusalém,  encontraram vestígios da destruição provocada pelo fogo
Os arqueólogos que escavam o sítio arqueológico da Cidade de Davi, encontraram vestígios da destruição provocada pelo fogo
A Bíblia descreve que em 586 a.C., o rei da Babilônia Nabucodonosor e todo o seu exército invadiram Jerusalém, mataram todos os nobres de Judá, “incendiaram a casa do rei e as casas do povo e derrubaram os muros” da cidade. Agora, novas descobertas arqueológicas confirmam que no período do Primeiro Templo, Jerusalém foi conquistada e incendiada pelos babilônios, assim como descrito no Livro de Jeremias.
Segundo Joe Uziel, da Autoridade de Antiguidades de Israel, as descobertas foram realizadas em escavações na Cidade de Davi, considerada o primeiro assentamento urbano de Jerusalém. Foram encontrados escombros de antigos quartos, datados de 2.600 anos atrás, todos cobertos com camadas visíveis de cinzas de carvão, o que indica a destruição por fogo.
Nos quartos os arqueólogos descobriram artefatos raros, incluindo uma pequena estatueta de marfim, aparentemente de origem egípcia, de uma mulher nua, e potes de cerâmica quebrados com o selo de roseta, que era usado como símbolo real durante a última década antes da queda do Primeiro Templo.
“Estes selos são característicos do fim do período do Primeiro Templo e eram usados pelo sistema administrativo criado após o fim da dinastia Judeia”,  explicou Ortal Chalaf, também da Autoridade de Antiguidades de Israel. Classificar objetos facilitava o controle, gerenciamento, estoque e comércio da produção. A roseta, em essência, substituiu o selo “Para o Rei” usado no sistema administrativo anterior.
No local da escavação, vestígios da destruição provocada pelo fogo são claros. Camadas de carvão e cinzas foram preservadas sobre o piso e utensílios. Contudo, nem todas as construções escavadas mostram sinais de incêndios, apontando que, sim, os relatos de Jeremias sobre a invasão babilônica estão corretos, mas nem todas as casas foram destruídas.
“Parece que nem todas as construções foram destruídas num único evento”, disse Uziel. “Parece que algumas foram destruídas e outras foram abandonadas”.

Fonte: Jornal Extra

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Maioria dos baianos vota a favor de denúncia contra Temer; veja como votou cada deputado

Apesar da vitória de Michel Temer (PMDB) no plenário, a maioria da bancada baiana na Câmara Federal votou contra o relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que pedia o arquivamento da denúncia de corrupção passiva formulada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente.
Ao todo, 21 parlamentares do estado disseram “não” ao engavetamento da acusação formal, enquanto 17 declaram “sim”, em apoio ao não prosseguimento da matéria no Supremo Tribunal (STF). Apenas Ronaldo Carletto (PP) se ausentou.
Confira o voto de cada um dos 39 deputados da Bahia na sessão:
– Votaram Sim:
Antonio Imbassahy (PSDB)
Arthur Maia (PPS)
Benito Gama (PTB)
Cacá Leão (PP)
Claudio Cajado (DEM)
Elmar Nascimento (DEM)
Erivelton Santana (PEN)
João Carlos Bacelar (PR)
José Carlos Aleluia (DEM)
José Carlos Araújo (PR)
José Rocha (PR)
Lúcio Vieira Lima (PMDB)
Márcio Marinho (PRB)
Mário Negromonte Jr. (PP)
Paulo Azi (DEM)
Pastor Luciano Braga (PRB)
Roberto Britto (PP)
– Votaram Não:
Afonso Florence (PT)
Alice Portugal (PCdoB)
Antonio Brito (PSD)
Bacelar (Podemos)
Bebeto (PSB)
Josias Gomes (PT)
Luiz Caetano (PT)
Daniel Almeida (PCdoB)
Félix Mendonça Júnior (PDT)
Fernando Torres (PSD)
Irmão Lázaro (PSC)
João Gualberto (PSDB)
Jorge Solla (PT)
José Nunes (PSD)
Jutahy Junior (PSDB)
Nelson Pelegrino (PT)
Paulo Magalhães (PSD)
Sérgio Brito (PSD)
Uldurico Junior (PV)
Valmir Assunção (PT)
Waldenor Pereira (PT)
 Ausente:
Ronaldo Carletto

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Wagner nega articulação do governador da Bahia para manter Temer no cargo

Por Chayenne Guerreiro | Fotos: Vagner Souza / Bocão News
 
Secretário de Desenvolvimento Econômico e  aliado mais forte da ex-presidente Dilma Rousseff junto ao governador Rui Costa, Jaques Wagner negou em entrevista ao BNews que tenha existido uma articulação política do governo baiano para barrar a denúncia contra o presidente Michel Temer  ( PMDB), que está sendo analisada pela Câmara dos Deputados. "O posicionamento do governo se mantém o mesmo desde o começo, nem Temer nem Maia, Diretas já! É óbvio que como isso virou BaxVi as pessoas não estão conseguindo raciocinar e pensar um passo adiante e foi isso que Rui explicitou, essa solução que estão montando não é uma solução", afirmou.
 
Nessa terça-feira ( 1) Rui exonerou dois dos seus secretários para que eles retornassem ao mandato de deputado federal e pudessem votar nessa quarta (2). A surpresa veio apos Josias Gomes anunciar que votaria a favor de Temer. A atitude foi considerada uma tentativa do governador de impedir que seu principal rival, o prefeito Acm Neto, ganhasse mais força política, já que se Temer sair quem assume é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do DEM e aliado de Neto. "Não é verdade que ele tenha exonerado para votar a favor de Temer. Os secretários pediram para ser exonerados. Fernando chegou em nossa reunião de muleta pedindo pra ir. E tenho certeza que vão seguir a instrução do partido e votar a favor da denúncia. O governador tem liderança sobre a bancada mas não tem tutela", garantiu Wagner.
 
O secretário de desenvolvimento econômico considerou o DEM baiano mesquinho por barrar o empréstimo que seria destinado à Bahia junto ao governo federal. "Tem políticos que fazem política com o fígado e com muita mesquinharia. Eu estou muito á vontade, aprendi com Lula e pratico outro tipo de política. Eu desafio qualquer político de outro partido, inclusive do DEM afirmar que não tenha sido atendido pela gente. Eu nunca perseguir prefeito e Lula nunca perseguiu governador. Infelizmente o DEM da Bahia tem á mesquinharia de interditar um empréstimo que vai ajudar a população porque é adversário. Tem medo que Rui correria trabalhe mais com mais dinheiro. Eu espero que o presidente tenha a dignidade de não receber ordem do DEM", declarou.
 
Nessa quarta o senador Otto Alencar (PSD) revelou que recebeu um telefonema do presidente Michel Temer (PMDB) para falar sobre o empréstimo do Banco do Brasil à Bahia. Segundo ele, o prefeito ACM Neto estaria pressionando o presidente para travar a verba. FONTE bocaonews.com.br

MOMENTO DO LOUVOR A DEUS : Deus cuida de mim (Kleber Lucas) na voz de Eyshila - YouTube

                                               FONTE YOUTUBE

EUA: Homem abre fogo contra Consulado da China e se mata em seguida

Autoridades chineses pediram que EUA investiguem incidente com atenção e que garantam segurança dos diplomatas que trabalham no edifício
AutoridaAutoridades chineses pediram que EUA investiguem incidente com atenção e que garantam segurança dos diplomatas que trabalham no edifíciodes chineses pediram que EUA investiguem incidente com atenção e que garantam segurança dos diplomatas que trabalham no edifício
Um homem abriu fogo contra o Consulado de China em Los Angeles e se matou na sequência, dentro de um carro, afirmou a polícia local.
De acordo com a Reuters, o incidente ocorreu na manhã de terça-feira (1º), mas só foi divulgado horas depois.
Segundo o oficial Michael Lopez, do Departamento de Polícia de Los Angeles, o homem foi encontrado dentro de seu carro, morto com um tiro.
Em um comunicado, a representação chinesa afirmou estar extremamente preocupada com o incidente, e pediu que os Estados Unidos adotem todas as medidas necessárias para proteger a segurança do edifício e dos diplomatas que trabalham lá.
A China também solicitou que as autoridades americanas investiguem o fato profundamente.
O autor do ataque não foi imediatamente identificado. De acordo com a agência estatal chinesa Xinhua, o atirador tinha cerca de 60 anos e parecia ser de origem asiática.
Ainda segundo informações da imprensa chinesa, o segurança do consulado disse que pelo menos 17 disparos foram feitos contra o prédio, deixando buracos de bala nas janelas e na fachada do edifício.

Fonte: G1

DAVIDSON MAGALHÃES FAZ BALANÇO E PLANEJA NOVAS AÇÕES DO MANDATO EM ITABUNA E REGIÃO


O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) realizou, na noite desta segunda-feira (31), uma reunião aberta no Hotel Tarik Fontes, em Itabuna. O encontro teve como objetivo realizar um balanço do mandato, apresentando à população, as obras e serviços conquistados para Itabuna e outros municípios do sul da Bahia. Davidson também fez uma análise da conjuntura nacional, mostrando como isso afeta a região, além de apontar caminhos futuros para o mandato.

O encontro contou com a participação de autoridades, vereadores e prefeitos do Sul do estado, líderes comunitários e religiosos, presidentes de associações, sindicalistas, empresários, amigos e admiradores do mandato de Davidson Magalhães. Os convidados tiveram a oportunidade de conhecer alguns dos investimentos e conquistas em que o deputado teve protagonismo na região, nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, emprego e renda, agricultura, esportes e lazer.

Ao elencar as diversas conquistas durante o seu primeiro mandato como deputado federal, Davidson ressaltou a importância da participação popular. “Sabemos que o momento político não nos favorece em muitas coisas. Por isso que eu e meus colegas trabalhamos arduamente na Câmara Federal para que possamos fazer o melhor para o Brasil, principalmente para a Bahia. A crítica e a sugestão vinda de vocês são de extrema importância para que nosso mandato seja marcado pela participação ativa do nosso povo”, declarou.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Pastor evangeliza o Tocantins de bicicleta: “Cumprindo o Ide”

“Às vezes reclamam do ministério, reclamam do pastor, reclamam de tantas coisas, sendo que as portas do mundo estão escancaradas para todos pregarem o Evangelho”, afirma Altair, que tem 68 anos.


Um vídeo divulgado no Facebook apresenta a história curiosa de um pastor chamado Altair, de 68 anos, que percorre as estradas do estado de Tocantins para evangelizar. A prática, segundo ele, já soma três décadas.
O vídeo foi publicado no último sábado (22) no Facebook e gravado por um homem chamado Efraim. Em quase uma semana, a publicação alcançou mais de 70 mil visualizações.
Na ocasião, Altair saiu da capital Palmas, mais especificamente o bairro Taquaralto, da região sul do município, em direção à Ponte Alta do Tocantins, cidade localizada 147 km da capital.






“Nós optamos pela bicicleta porque eu sempre passo nessa estrada de carro e vejo a necessidade de encostar nas casas, pregar o Evangelho para essas pessoas, porque muitas não têm essa oportunidade. Estou cumprindo o ‘ide’ de Jesus”, afirmou o líder evangélico.
“Eu louvo a Deus pela vida de muitos que vão de jatinho e carros, porque vão aos lugares remotos. Deus me deu força e saúde para que eu pregasse nos lugares mais próximos. Mas não é difícil, dá para fazer tranquilo”, disse Aldair, em referência as pessoas que possuem veículos mais avantajados.
O pastor também aproveitou que estava sendo gravado para mandar uma mensagem aos internautas. “Às vezes reclamam do ministério, reclamam do pastor, reclamam de tantas coisas, sendo que as portas do mundo estão escancaradas para todos pregarem o Evangelho”, criticou.
“As almas estão sedentas. Enquanto estamos olhando para essas coisas, as almas estão perecendo”, encorajou Altair os internautas que, segundo ele, podem se mover para transmitir a fé cristã.
“Se você não pode fazer isso que eu estou fazendo — por causa da sua idade, saúde ou limitação física — pegue sua Bíblia, vá a um vizinho próximo, saia nas ruas da cidade”, fez o apelo.
“Faça isso uma ou duas vezes por semana e Deus vai te abençoar ricamente. É um trabalho que Deus não valoriza por multidões, mas pelo nosso esforço com a alma que ganhamos para Jesus. A mensagem que você leva tem muito valor”, afirmou.
“Os apóstolos não tiveram a oportunidade de ter uma bicicleta como eu tive para evangelizar. Eles iam de casa em casa, a pé. Isso aqui não representa nada, só a minha boa vontade”, finaliza.

Canais no YouTube enganam crianças com conteúdo violento

Com a intenção de disseminar conteúdo impróprio para crianças, criadores de conteúdo no YouTube estão envolvendo desenhos animados e personagens infantis em situação de violência.
O fenômeno, batizado como Elsagate – uma mistura de Elsa, da animação Frozen, e o escândalo Watergate do ex-presidente Richard Nixon – tem crescido em todo o mundo e preocupado pais e autoridades.
As produções envolvem tanto animações criadas com personagens famosos, como princesas e super-heróis, quanto live actions – nome utilizado para obras interpretadas por atores. E podem envolver aborto, espancamento, agulhas e sexo.
A maior dificuldade em assimilar o conteúdo de imediata é a forma como é difundida. A estudante Jessica Luiza, em entrevista ao O Dia, afirmou que se surpreendeu ao descobrir que seu irmão de 3 anos acessava este tipo de material.
“Ele vai para o YouTube toda noite quando chega da escola. Volta e meia canta as músicas e pede para ver esses vídeos bizarros. Ele já chegou a tentar imitar, querer bater, assim como viu nos vídeos. E nossa mãe nunca havia percebido”, contou.
Outra estudante, Nathalia Reis, descobriu a polêmica por conta do Facebook. Segundo ela, seu cunhado de 4 anos também já teve contato com produções violentas. “Sempre fiquei incomodada. Tento levar ele para o ar livre, parques, mas ele tem medo de tudo. Pedi que a mãe dele ficasse de olho”.
Ela disse que as reações podem ser traumáticas. “Mães comentaram que os filhos assistiam esses vídeos e até choravam. Algumas se assustavam porque os filhos sabiam de onde vêm os bebês sem que elas nunca tivessem ensinado sobre isso. Crianças com medos e fobias. Foram vários relatos”, afirmou.
Professor e especialista, Márcio Gonçalves dá sua avaliação da motivação por trás deste conteúdo. “São produtores de conteúdo que não têm interesse em ganhar dinheiro. O objetivo é transmitir mensagem a quem assiste”.
“Os comentários provavelmente são escritos por adultos. A questão dos pedófilos é forte, uma comunidade que se protegem. Fica explícito que há relação com as redes de produção de conteúdo pedófilo e pornográfico”, disse.
O especialista acredita que a vigilância deve ser constante. “Essa infância conectada está tendo fácil acesso a conteúdos impróprios, que vão moldar sua personalidade”.
A psicológa Laura Calejon, que é doutora em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano, também falou de outros traumas. “Há casos de crianças com graves problemas no desenvolvimento da linguagem, que chegam a ser confundidas com autistas, porque usaram tablet e celular demais e desde muito cedo”.

Mega culto reúne 200 igrejas e intercede pelo Brasil

O mega culto realizado por igrejas evangélicas de toda Curitiba e região metropolitana na Arena da Baixada encerrou a Semana do Avivamento, quando igrejas de toda a cidade se reuniram para a realização de cultos e atividades sociais, incluindo arrecadação de doações para a Fundação de Ação Social (FAS) da prefeitura, além de mobilizar evangélicos para fazerem cadastro para a doação de órgãos e de medula óssea.
Segundo a organização, todos os 50 mil ingressos do encerramento foram vendidos. Contudo, nem todos compareceram. Mesmo assim, os 43 mil fiéis que foram até o estádio do Atlético Paranaense foi o maior culto público no local, quase superando as 45.207 pessoas que estiveram ali para o UFC 198, no ano passado
Para efeitos de comparação, a Marcha para Jesus em Curitiba atrai cerca de 150 mil participantes, mas é considerado um movimento.
A partir das 18h do sábado (28), teve início o evento religioso, que também teve conotações políticas. Logo no início, um dos pastores no palco principal pediu que s fiéis levantassem um folheto com as cores da bandeira do Brasil. Foi realizado um momento de intercessão pelo país, enquanto uma bandeira sobreposta por um enorme “Jesus” era projetada no telão.
O líder religioso explicou que era preciso orar por justiça para que “Jesus tocasse no coração dos governantes” e “o brasileiro voltar a andar de cabeça em pé”. A página do movimento MUDE, ligado aos investigadores da Lava Jato postou fotos do evento, dizendo que houve um momento de se declarar apoio à operação.

Unir as pessoas

O estudante Eduardo Schultz, 17 anos, foi com familiares para participar do culto. Ele diz ter se emocionado. “Nunca tinha visto algo assim. É a minha primeira vez aqui, então vir e ver algo desse tamanho e com essa animação é inexplicável. É diferente”, ressalta. Para a pedagoga Marinalva Starerraud, 42 anos, o diferencial de um culto desse tamanho é o contato com outras pessoas. “Unir pessoas de todas as idades e diferentes igrejas é algo maravilhoso”, acredita.
Seu esposo, o corretor Geraldo Starerraud, de 52 anos, conta que nunca viu a Arena tão cheia. “Estive aqui durante a inauguração da grama sintética [em fevereiro de 2016] e a quantidade de pessoas era bem menor. Dessa vez, até o campo está lotado”, lembra. Com informações Tribuna PR

Crimes de corrupção são os principais inquéritos contra deputados no STF

Das 404 investigações em curso no Supremo, 77 são motivadas por suspeitas de corrupção
Das 404 investigações em curso no Supremo, 77 são motivadas por suspeitas de corrupção
A ‘Revista Congresso em Foco’ publicou matéria em seu site em que mostra que quase metade dos membros do Legislativo federal são alvos de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com os dados analisados pela reportagem no portal da mais alta corte do país, são 404 inquéritos e ações penais abertos contra deputados, dos quais 77 motivados por indícios de crimes de corrupção.
Depois de delações premiadas de grupos como a Odebrecht, que resultou em quase 100 políticos investigados, a Operação Lava Jato influenciou o aumento de acusações envolvendo crimes contra a administração pública, particularmente processos iniciados em 2017. São 66 inquéritos e 11 ações penais – quando a denúncia é aceita pelo STF e o investigado se torna réu – que apontam algum tipo de corrupção, seja ela ativa, passiva ou eleitoral.
Em outra matéria publicada pela ‘Congresso em Foco’, mostrou que o Senado bateu recorde de integrantes investigados na corte.
As acusações de corrupção são as mais recorrentes contra os congressistas, ultrapassando pela primeira vez os crimes contra a Lei de Licitações. Esse tipo de ilícito é motivo de 61 investigações e processos em andamento. As suspeitas com frequência estão atreladas à passagem dos parlamentares por outros cargos públicos, especialmente no Executivo, mas também à atuação empresarial de alguns deles – e, em casos menos recorrentes, até à prática de crimes de violência.
Alguns dos ‘enrolados’
Réu no STF, o deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE) é o que mais deve explicações por suspeita de ter praticado corrupção. São cinco inquéritos e uma ação penal contra o peemedebista. Na denúncia aceita pelo Supremo, o deputado é acusado de receber R$ 3 milhões de um acordo entre a Petrobras e um sindicato.
Ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) foi investigado no mesmo inquérito (fase anterior à ação penal) sobre a negociata, mas o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia somente contra Gomes e pediu o arquivamento do caso contra o senador. Em nota o parlamentar afirma que a ação penal à qual responde “não possui correlação com a denominada Operação Lava Jato”.
Alvo de quatro inquéritos a investigar a modalidade mais recorrente de crime entre os parlamentares, o líder do bloco formado por PP, PTN e PTdoB na Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também lidera a lista de seu partido entre os que devem explicações por suspeita de corrupção. Ele é o segundo deputado com maior número de investigações do gênero no STF.
Em nota enviada ao ‘Congresso em Foco’, a assessoria do deputado afirma que “que os inquéritos no Supremo Tribunal Federal não têm elementos que corroborem os fatos”.
Partidos campeões
O partido de Lira é o mais enrolado por suspeita de corrupção no Supremo, tanto em números absolutos quanto proporcionalmente. Em acusações de corrupção, PP, PT e PMDB dividem a liderança, empatados com 14 procedimentos investigatórios cada. São os mesmos três partidos que mais respondem a ações em geral, relativas a diversos outros tipo de ilícito. PMDB lidera esse ranking com 62 inquéritos e ações penais contra seus deputados, seguido de PT, com 53, e PP, com 40.

Fonte: Congresso em Foco

MP prorroga por mais um ano força-tarefa da Lava Jato em Curitiba

Força-tarefa da Lava Jato em Curitiba é comandada pelo procurador da República Deltan Dallagnol (ao centro)
Força-tarefa da Lava Jato em Curitiba é comandada pelo procurador da República Deltan Dallagnol (ao centro)
Conselho Superior do Ministério Público aprovou nesta terça-feira (1º) a prorrogação da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, por mais um ano. O prazo começará a contar a partir de 10 de setembro.
Apesar de a Polícia Federal (PF) ter desmembrado as investigações de sua força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, o Ministério Público Federal decidiu manter por mais tempo a equipe de procuradores da República que atua, a partir da capital paranaense, nas investigações do esquema de corrupção que agia na Petrobras.
De acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a prorrogação dos trabalhos do MPF era necessária para dar garantia aos investigadores de que as apurações não serão descontinuadas.
“É porque já estava se vencendo o prazo. Era agora no comecinho de setembro. Para dar segurança jurídica às pessoas que investigam, foi preciso dar garantia de mais um ano da força-tarefa”, explicou Janot.
A força-tarefa da Lava Jato foi deflagrada em março de 2014, com a revelação do esquema de corrupção que atuava na Petrobras.
A sessão desta terça do conselho do MP é a penúltima comandada pelo atual procurador-geral da República. Ele deixará o comando do Ministério Público em 18 de setembro e será substituído pela subprocuradora Raquel Dodge, que foi a escolhida do presidente Michel Temer na lista tríplice apresentada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).
Raquel Dodge foi sabatinada pela Comissão de Constituiçã e Justiça (CCJ) do Senado em julho, antes do recesso do Legislativo. No mesmo dia, os senadores aprovaram, no plenário da Casa, o nome da subprocuradora para o cargo de Janot.
Em meio à sessão desta terça do Conselho Superior do MP, Rodrigo Janot afirmou que não tinha “condição” e que não se sentia “confortável” em indicar cortes no orçamento da instituição para viabilizar um reajuste de 16,8% nos vencimentos dos procuradores da República a partir do ano que vem. A proposta de aumento salarial – apresentada por Raquel Dodge – foi aprovada pelos integrantes do colegiado na semana passada.
Na ocasião, o conselho também aprovou uma proposta de orçamento de R$ 3,8 bilhões para o Ministério Público Federal em 2018. Do valor aprovado, R$ 3 bilhões serão usados na folha de pagamentos da instituição.
O Ministério do Planejamento e o Congresso Nacional ainda precisam aprovar a proposta de orçamento elaborada pelos integrantes do MPF.
O Conselho Superior do Ministério Público criou uma comissão para analisar os cortes que podem ser feitos no orçamento da instituição para assegurar o reajuste nos subsídios dos procuradores da República.
“Não farei indicativo para possibilitar o aumento de 16,8%. Eu, individualmente, não farei. Já estou avisando que não farei”, enfatizou Rodrigo Janot na sessão desta terça-feira do conselho, reforçando que cabe à comissão criada pelo colegiado definir aonde vão ocorrer os cortes orçamentários.
Ele afirmou diante dos colegas do conselho que não pode indicar sozinho os cortes porque ele não estará mais no comando do Ministério Público Federal quando o orçamento for executado.
Ao analisar a questão de ordem de Janot, o conselho reafirmou nesta terça que caberá à comissão de procuradores indicados pelo atual procurador-geral e pela sucessora dele avaliar os pontos em que podem ocorrer cortes orçamentários.
Janot destacou aos colegas que “barreiras de contenção” serão impostas à comissão para que unidades do MPF não sejam atingidas pela redução de recursos.
Neste momento, ele disse que o objetivo é evitar um fenômeno de “Robin Hood às avessas”, em que se retira de quem recebe menos para dar para quem já ganha mais.
“Por unanimidade, foi decidido em sessão extraordinária de julho que os cortes orçamentários para autorizar a inclusão de um aumento de subsídio dos procuradores de 16,8%, sugerido pela conselheira Raquel Dodge, futura procuradora-geral da República, devam ser indicados pela comissão mista constituída para este fim”, anunciou Janot, ressaltando que a proposta de aumento salarial foi apresentado por sua sucessora.
.
Fonte: G1

Coreia do Norte ameaça EUA com ataque nuclear preventivo


Imagem: DivulgaçãoA Coreia do Norte ameaçou nesta quarta-feira (26) lançar um ataque nuclear preventivo contra os Estados Unidos no caso de Washington decidir optar pela via militar para acabar com o programa de armamento nuclear do país asiático. Trata-se da enésima advertência do regime de Kin Jong-un contra o que considera “constantes agressões e atos de guerra”. A última foi os comentários do diretor da CIA, Mike Pompeu, sobre a possibilidade de tirar do poder o ditador como via para solucionar o problema norte-coreano e desnuclearizar a península.
“Se nossos inimigos interpretam mal nossa situação estratégica e insistem que suas opções passam por realizar um ataque preventivo nuclear contra nós, lançaremos um ataque nuclear preventivo no coração da América como um implacável castigo e sem advertências”, afirmou o ministro da Defesa norte-coreano, Park Yong-sik. Suas declarações, divulgadas pela agência estatal KCNA, se inserem nos atos de comemoração do 64º aniversário do fim da Guerra da Coreia, um conflito que terminou com um armistício que nunca desembocou em um Tratado de Paz.
A efeméride é celebrada nesta quinta-feira (27), feriado na Coreia do Norte para festejar o que chamam de “o Dia da Vitória”. Os observadores acreditam que o regime poderia efetuar nesse dia um novo teste de mísseis balísticos, dada sua predisposição de levá-los a cabo em datas especiais, seja para o calendário norte-coreano ou de outros países. O último de seus ensaios foi em 4 de julho, quando a nação disparou pela primeira vez e com sucesso um foguete de alcance intercontinental. Kim Jong-un disse depois que o míssil era “um presente aos bastardos dos Estados Unidos” por seu Dia da Independência.
Não é a primeira vez que a Coreia do Norte ameaça atacar preventivamente e com armas nucleares os Estados Unidos. Isso é parte da habitual retórica belicista que o regime utiliza, exacerbada nos últimos meses em razão do aumento das sanções econômicas a Pyongyang, o ritmo e o alcance cada vez maior dos testes de armamento e a elevação de tom que chega de Washington, onde foi proclamado o fim da era baseada na “paciência estratégica”.
A propaganda norte-coreana explodiu com as declarações do diretor da CIA, Mike Pompeo, que em um evento sobre segurança falou da necessidade de encontrar uma forma de separar Kim Jong-un de seu arsenal nuclear. “O mais perigoso é o caráter da pessoa que tem o controle sobre essas armas (…). Do ponto de vista da Administração, o mais importante que podemos fazer é separar as armas nucleares de alguém que possa ter a intenção de usá-las”, disse, segundo a CNN. O secretário de Estado, Rex Tillerson, sempre afirmou que o Governo norte-americano não busca uma mudança de regime na Coreia do Norte.
Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores norte-coreano, não identificado na notícia, afirmou à mídia estatal que “buscarão e liquidarão onde quer que for que se encontrem” os que tentem tirar do poder Kim Jong-un. “A República Popular Democrática da Coreia (nome oficial do país) estipula por lei que se o seu máximo dignitário se vê ameaçado deve aniquilar de modo preventivo os países e entidades envolvidos direta ou indiretamente nisso, mobilizando todos os tipos de meios de ataque, incluindo os nucleares”.

Fonte: El País